Janeiro Branco | Levando a saúde mental a sério

Se dezembro é mês de revisão e reflexão, é em janeiro que estamos mais dispostos e animados com o reinício, para cuidarmos mais de nós mesmos e fazermos sempre melhor no ano novo! E é isso que o Janeiro Branco nos leva a refletir.

 

Que frescura, que nada!

Se não estamos bem, não fazemos bem – nem pra gente, nem pra ninguém! Seguindo a onda das cores e da saúde (setembro amarelo, outubro rosa, novembro azul..), a campanha Janeiro Branco vem lembrar que saúde mental também é coisa importante!

 

É luta de psicólogo, sim!

O Conselho Federal de Psicologia já está na luta: Exigir psicólogos na saúde pública é cuidar da prevenção (como ditam as diretrizes do SUS). Psicólogo não serve (apenas) para apagar incêndios, cuidar dos que estão necessitando ou dar notícias ruins em hospitais. O autoconhecimento promove relações saudáveis e saúde mental. A psicoterapia e as ações continuadas e socioeducacionais (como o Grupo 3 de Nós faz) auxiliam na manutenção diária de nossa rotina – enxergar nós mesmos e nossas ações é essencial para sermos coerentes com nossos próprios limites e valores.

 

O que mais podemos fazer?

Olhar para o que sentimos e nos respeitar é cuidar de nossa própria saúde. A psicoterapia nos ajuda nessa caminhada – porque sim, sabemos que nem sempre é fácil nos levarmos em conta! Além disso, estarmos disponíveis para o outro, sabendo que devemos levá-lo em conta, é promover saúde mental. Lembro aqui de dois textos que já escrevi no blog: o desabafo A arte do Encontro e o divertido O que podemos desejar ao outro?. Vale a pena conferir!

Nossa saúde mental merece ser levada a sério 😉

 

Quer saber mais? Entre na página da campanha.

Até breve!

Deixar um comentário