ANIMAIS NO HOSPITAL EM VISITA. QUAL SUA OPINIÃO?

Essa semana, o prefeito de São Paulo João Doria Junior, sancionou a lei que autoriza animais a visitar pacientes internados.

A lei de autoria do vereador Rinaldo Digilio, dita que paciente internados podem receber visitas de seus animais de estimação , pratica que já é realizada em alguns hospitais e tem obtido ótimos resultados para crianças e adultos em tratamentos.

Algumas exigências devem ser seguidas como por exemplo o animal estar com a cartela de vacinação em dia, vermifugado e de banho tomado. O estado de saúde do paciente e de qual tipo de doença ele apresenta serão levados em conta. A visita do animal será previamente agendada e tem que passar pela comissão de controle de infecção hospitalar. Os animais devem também estar em recipiente ou caixa adequados, no caos de cães e gatos estar em guias presas por coleiras e se necessário enforcador e focinheiras.

Sabemos hoje em dias que os animais são por muitas vezes o pilar da casa de alguns proprietários.

São membros da família e muitas vezes tratados com muito zelo, amor e carinho.

Num momento de enfermidade , onde os proprietários necessitam de carinho e atenção ter seu pet mais perto mostrando amor e gratidão contribui severamente tanto adultos como crianças.

A pratica de uso de animais em tratamento é bastante usada, como por exemplo no caso de crianças autistas onde o contato com os equinos auxilia na maior sociabilidade (motivando a inclusão social e confiabilidade).

 

O fato mais importante nessa história é que quando o paciente mais precisa os animais, que muitas vezes são maltratados, abandonados e judiados, são os primeiros que estão dispostos a ajudar e dar amor e carinho no momento que seu dono mais precisa.

Mais uma vez os animais nos dando uma lição de vida. Os que são ditos “irracionais” sabem muito mais de leis de amor e vida do que os “racionais”.

E você, o que acha dessa nova lei sancionada em São Paulo.

 

 

Deixar um comentário